03/08/2016

Fashion | Mom Jeans History


Embora sem nome na altura, as agora famosas mom jeans foram um estilo de calças populares  entre os anos 80 e meio dos anos 90, época em que as low rise jeans começaram a aparecer, acabando por se tornar num sucesso e, como tal, acabando também por substituir as mom jeans.




Tal como o nome indica, este era um género de calças caracteristicamente usado por mães e inconscientemente (ou não) acabavam por afirmar esse estatuto quando as usavam. Eram largas em pontos estratégicos de modo a disfarçar as "imperfeições" ganhas com as gravidezes e a idade em si, dando uma impressão de confortável, descontraída e not sexy por não salientar as curvas do corpo da mulher como é o que acontece, por exemplo, com as skinny jeans.




A sua erradicação deu-se em 2003, ano em que "as calças largas usadas por mães" passaram a ter um nome, que é como as conhecemos atualmente, e deixou de ser apenas um conceito. Isto aconteceu quando as atrizes Tina Fey, Amy Poehler, Maya Rudolph e Rachel Dratch fizeram um vídeo (que podem ver aqui) no Saturday Night Live em que não só deram o nome às calças, como fizeram com que a estas passasse a ser atribuída uma conotação extremamente negativa, daí terem sido os principais agentes da sua erradicação.




Os anos passaram e as mom jeans voltaram, no entanto agora são usadas principalmente por adolescentes ou young adults e frequentemente com o objetivo de fazer um  fashion statement.




Pessoalmente adoro-as e já conto com um par no meu guarda-roupa. Acho que combinam na perfeição com o meu estilo minimalista, confortável, giro e trendy q.b. Sendo eu como sou tive de ir à procura do passado e criação das tão hoje famosas mom jeans, e como o achei super interessante achei que podia partilhar convosco um pequeno resumo de tudo o que li nos últimos dias.

9 comentários:

  1. Eu nao gosto muito de me ver. Estou tao habituada a ver-me com skinny que não gosro se mais nada ahaha.
    Mas adoro noutras pessoas ;)

    Beijinho♥
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No início também me sentia assim, mas acabei por me render completamente passados uns meses ahahah

      Eliminar
  2. Não conhecia esses jeans, mas são muito bonitos, além de que dão um estilo meio tomboy ao look. Gostei muito do post :D
    Beijinhos

    Saturn's Mermaid

    ResponderEliminar
  3. Gostei da história :) A mim não me ficam muito bem!

    ResponderEliminar
  4. A minha mãe usava na sua adolescência também :) E adorava! Já eu, ainda não me rendi a esta tendência.

    ResponderEliminar
  5. Opá, este post está ótimo! Tal como no comentário de cima, eu (antes) achava que jamais usaria mom jeans por estar tão habituada aos skinny jeans. Quando comprei as primeiras mom jeans foi um bocado só por comprar (shame on me) mas agora não quero outra coisa. São confortáveis e giras, não podemos pedir mais. E adorei o facto de contares a história do nome! :))


    Mudei o meu blog e o The Lost Louboutin deu origem a algo diferente, espero que possas visitar e gostes do resultado!

    With love, Miss Melfe

    ResponderEliminar
  6. Eu adoooro mom jeans, acho que com o estilo certo dão uma pinta do caraças.

    ResponderEliminar
  7. Gostei do teu post e da maneira como contaste a história das mom jeans. São uma peça mesmo icónica!

    Gostei do teu blog e já o estou a seguir. Segue o meu também! ;)
    Beijinhos
    http://popupbyana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Uau! Não conhecia a história :) Mas tenho a dizer que, apesar de cómico, aquele episódio de SNL tem umas belas mom jeans! Não me importava nada de as usar com orgulho e dizer: não, eu não sou uma Mom que vai ficar o dia todo a pensar no que irei fazer para o jantar, mas vou sim pegar nestas Mom Jeans e sair com as minhas amigas! É isto que acho incrível na moda: a versatilidade de uma peça, anos depois do seu grito de aparição.

    Tem um Feliz Ano Novo, "homónima" Nêsa. :)

    ResponderEliminar